sábado, 21 de agosto de 2010

CAFÉ E BOLO DE COCO

Olá, hoje vou falar de uma coisa que gosto muito, o café!! Gosto de tomá-lo com leite pela manhã.
Mas também aprecio uma xícara de café preto após o almoço. Acho revigorante, e além disso, traz benefícios à saúde.

Informações sobre o uso do café e a saúde.

Durante muito tempo a cafeína, ingrediente ativo do café, foi acusada de fazer mal ao coração, pressão e aumentar a incidência de câncer. Pesquisas realizadas, no entanto, jamais provaram tal relação. Atualmente, novas pesquisas o colocam na lista dos alimentos que ajudam na prevenção de doenças como a depressão, diabetes e pedra na vesícula. Apesar de a cafeína ser o componente que mais se destaca no café, ele não é o único que traz benefícios para a saúde. O café possui potentes substâncias utilizadas nos medicamentos de controle ao alcoolismo, pois atuam contra os opióides encontrados no álcool. Outras substâncias importantes são os ácidos clorogênicos e quinídeos, formados na torra adequada do café. Estas agem no cérebro e controlam o humor, ajudando na prevenção e no combate a depressão e suas conseqüências como o suicídio e o alcoolismo.

Claro que o consumo deve ser moderado, pois o excesso pode fazer mal. O ideal é tomar, no máximo, 3 a 4 xícaras diárias. A cafeína, presente no café, faz bem à saúde, pois estimula a memória e diminui o sono e cansaço. No entanto, o consumo excessivo de café pode causar insônia, irritação, desidratação e até convulsão. Pessoas diabéticas e que possuem problemas cardíacos devido ao consumo de cigarro, falta de exercício e obesidade devem reduzir o consumo da cafeína.

Cada etapa do preparo é importante.

1. Use água filtrada ou, melhor, dê ao café o status que ele merece e utilize água mineral.
2. A chaleira escolhida para ferver a água deve ser usada exclusivamente para esse fim.
3. Prepare somente a quantidade de bebida que vai ser consumida.
4. Nunca deixe a água ferver, esquente até os 90 ºC.
5. Existe o pó de café certo para cada tipo de preparação e gosto (fraco, médio e forte).
6. A data de validade impressa na embalagem do café vale apenas enquanto ela se encontra fechada. Depois de aberta, quanto mais rápido for seu consumo, melhor.
7. Guarde o café em recipientes bem fechados e, de preferência, na geladeira.
8. Nunca prepare a bebida ou a coloque na garrafa térmica já adoçada.
9. Para o preparo em filtro de papel ou coador de pano, a medida ideal fica em 5 ou 6 colheres de sopa de pó para 1 litro de água. Mas você deve variar sempre, buscando a proporção que melhor agrade.

MODO DE PREPARO

Café ao modo brasileiro – O pó deve macerar na água quente, sem ferver. Enquanto a mistura fica no fogo baixo, mexa vagarosamente com uma colher de pau. Essa maceração faz liberar os açúcares, as proteínas e alguns dos óleos aromáticos da bebida. Esse café deve ser passado pelo coador de pano. Resulta em um café forte e aromático.
Filtro de papel – O filtro e seu suporte devem ser do mesmo tamanho, o pó deve ser espalhado uniformemente, sem ser apertado, e umedecido com água quente. A água deve ser despejada em fio, lentamente, sem mexer com a colher. Seu café é suave e aromático.
Cafeteira italiana ou Moka – Essa cafeteira tem duas partes e um filtro fazendo a ligação entre elas, com formato semelhante ao de um bule antigo. A água é colocada na parte inferior e o pó, no filtro. Leva-se ao fogo, o calor faz com que a água passe pelo filtro e suba para a parte superior. Café forte, levemente amargo e de aroma intenso.
Expresso Inventado em 1946, pelo italiano Achille Gaggia, é considerado o mais nobre sistema de preparo. A água passa pelo pó sob pressão de 9 atmosferas e com a exata temperatura de 90 ºC, num tempo que varia de 25 a 30 segundos. O resultado é uma bebida concentrada, de aroma e sabor intensos, bom corpo, persistente no paladar e coberto com um denso creme cor de avelã. O expresso bem tirado tem creme espesso e duradouro, cor homogênea e retém o açúcar durante alguns segundos.


Meu cantinho do café..

Um pedaço de bolo de côco para acompanhar.

Ou uma bolachinha coberta com chocolate, que fiz para aproveitar uma sobra de chocolate da cobertura de pães de mel.

BOLO DE COCO

INGREDIENTES:

  • 3 ovos
  • ½ xícara (chá) de leite
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 1 ½ xícara (chá) de coco ralado
  • 1 ½ xícara (chá) de leite de coco
  • 1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • Manteiga e farinha para untar a fôrma

INGREDIENTES PARA A COBERTURA:

  • 1 ½ xícara (chá) de coco ralado
  • 1 ½ xícara (chá) de açúcar
  • 1 xícara (chá) de leite

MODO DE PREPARO:

Numa tigela, bata os ovos, o leite, a manteiga e o açúcar até que fique homogêneo. Acrescente o coco ralado, já hidratado no leite de coco, a farinha de trigo e misture bem. Coloque o fermento e misture. Coloque em uma fôrma já untada e enfarinhada e leve ao forno por 30 minutos a 180ºC.

Em uma panela, coloque o coco ralado e misture com o açúcar e o leite. Coloque no bolo ainda quente.

Bom final de semana a todos.

2 comentários:

  1. Olá Sônia que delicia de bolo, irei copiar a receita prá fazer aqui em casa, mas eu também ADOREI seu cantinho do café, minha cara....

    ResponderExcluir
  2. Oi Suné!

    Mas esse teu "cantinho do café" é muito charmoso, menina! Adorei as xicrinhas pedurada e a rendinha enfeitando...hehehe

    E a receita? Afff....que delicia. Já colei e guardei nos meus arquivos do computador!

    Beijooo e boa semana! :O)

    ResponderExcluir

Olá, obrigada por vir visitar-me, sinta-se à vontade e volte quando quiser.
Deixe aqui seu recadinho.
Vou ficar muito feliz.
Beijos